sexta-feira, 17 de setembro de 2010


2
 Estou com vontade de mudança, estou repleta de urgências, mas agora é diferente, me sinto tranquila, centrada.  Mas é nessa ligeireza que me encontro, onde consigo agir, porque se fico quieta não faço nada, fico sem coragem de enfrentar o que quer que seja. Me sinto bem, estou feliz, pensar nisso tudo me deixa confusa. É que vivi parindo essas situações e não sei se agora é a hora, mas o fato é que hoje acordei com vontades sabe? Querências coloridos de dias alegres, coisas adormecidas com desejo de acordar. Que eu saia por aí florindo tudo, que consiga atingir as pessoas como essa esperança de felicidade, sem medos, sem recuar, com a sensatez de quem sabe o que é sofrer demasiadamente, mas com a leveza de menina pra fora que não desiste de sonhar, que não tem medo de querer, que anda solta, sem medo de tropeçar, porque sabe que dali não passa... Porque os desconfiados podem até não chorar, mas os bonitos dormem dentro. E pra mim basta!   ; )

2 comentários:

Marlon disse...

hum verdade.... O grande prazer da vida é fazer o impossível!!!!

adria disse...

E isso aí, amor! Se liberte! =D

Amigos Blogsfera ; )

sexta-feira, 17 de setembro de 2010

 Estou com vontade de mudança, estou repleta de urgências, mas agora é diferente, me sinto tranquila, centrada.  Mas é nessa ligeireza que me encontro, onde consigo agir, porque se fico quieta não faço nada, fico sem coragem de enfrentar o que quer que seja. Me sinto bem, estou feliz, pensar nisso tudo me deixa confusa. É que vivi parindo essas situações e não sei se agora é a hora, mas o fato é que hoje acordei com vontades sabe? Querências coloridos de dias alegres, coisas adormecidas com desejo de acordar. Que eu saia por aí florindo tudo, que consiga atingir as pessoas como essa esperança de felicidade, sem medos, sem recuar, com a sensatez de quem sabe o que é sofrer demasiadamente, mas com a leveza de menina pra fora que não desiste de sonhar, que não tem medo de querer, que anda solta, sem medo de tropeçar, porque sabe que dali não passa... Porque os desconfiados podem até não chorar, mas os bonitos dormem dentro. E pra mim basta!   ; )

2 comentários:

Marlon disse...

hum verdade.... O grande prazer da vida é fazer o impossível!!!!

adria disse...

E isso aí, amor! Se liberte! =D