segunda-feira, 25 de janeiro de 2010


Além de não saber como fazer...

2
       Sem muito o que dizer esses tempos, minha cabeça anda a mil e quando eu penso assim muito rápido... não consigo escrever, pq eu escrevo uma coisa e derrepente meus pensamentos se modificam e eu já estou escrevendo outra coisa que ninguém vai entender, daí prefiro ficar aqui, quietinha... faço um café bem quente e fico olhando a chuva escostar no chão enquanto minha menina dorme e isso me dá paz. Uma paz que tem fugido bastante de mim, dando lugar a um turbilhão de sentimentos estranhos e perguntas sem respostas.
   Estou vivendo uma fase de transição e brevemente tudo se tranformará, se de uma certa forma isso me assusta, me conforta saber que finalmente minhas maiores questões serão resolvidas. Nunca me senti confortável com mudanças, não saber o que tem do lado de lá me deixa amedrontada, mas nesse momento é necessário, talvez seja minha única alternativa!

  Tudo será determinante para o caminho que irei trilhar daqui pra frente e eu só desejo que eu realmente me sinta mais feliz... com menos dores, tristezas, coração apertado de incerteza. Só um pouquinho mais de vontade e força de seguir adiante. Caminhando em novos rumos, trilhando estradas jamais habitadas por meus pés calejados, com um sorriso estridente no rosto e paz no coração. Será que é pedir muito?

 
   

2 comentários:

Jéss Aline disse...

Pedir demais? q nada amour...Deus quer e tem muito mais para vc, basta, como vc sempre teve, paciência!!

=))
HA tempo para tudo nessa vida, lembre-se disso!!

Marilisa Peeters disse...

Oi querida!
O blog da Bruna é o Linfoma Emocional. Lá no texto que escrevi para eles tem um link de acesso direto ao blog dela. Basta clicar no nome do blog que está no texto que vais direto prá lá. É um blog lindo, onde ela conta a história deles.
Um beijo!
Marilisa

Amigos Blogsfera ; )

segunda-feira, 25 de janeiro de 2010

Além de não saber como fazer...

       Sem muito o que dizer esses tempos, minha cabeça anda a mil e quando eu penso assim muito rápido... não consigo escrever, pq eu escrevo uma coisa e derrepente meus pensamentos se modificam e eu já estou escrevendo outra coisa que ninguém vai entender, daí prefiro ficar aqui, quietinha... faço um café bem quente e fico olhando a chuva escostar no chão enquanto minha menina dorme e isso me dá paz. Uma paz que tem fugido bastante de mim, dando lugar a um turbilhão de sentimentos estranhos e perguntas sem respostas.
   Estou vivendo uma fase de transição e brevemente tudo se tranformará, se de uma certa forma isso me assusta, me conforta saber que finalmente minhas maiores questões serão resolvidas. Nunca me senti confortável com mudanças, não saber o que tem do lado de lá me deixa amedrontada, mas nesse momento é necessário, talvez seja minha única alternativa!

  Tudo será determinante para o caminho que irei trilhar daqui pra frente e eu só desejo que eu realmente me sinta mais feliz... com menos dores, tristezas, coração apertado de incerteza. Só um pouquinho mais de vontade e força de seguir adiante. Caminhando em novos rumos, trilhando estradas jamais habitadas por meus pés calejados, com um sorriso estridente no rosto e paz no coração. Será que é pedir muito?

 
   

2 comentários:

Jéss Aline disse...

Pedir demais? q nada amour...Deus quer e tem muito mais para vc, basta, como vc sempre teve, paciência!!

=))
HA tempo para tudo nessa vida, lembre-se disso!!

Marilisa Peeters disse...

Oi querida!
O blog da Bruna é o Linfoma Emocional. Lá no texto que escrevi para eles tem um link de acesso direto ao blog dela. Basta clicar no nome do blog que está no texto que vais direto prá lá. É um blog lindo, onde ela conta a história deles.
Um beijo!
Marilisa