sábado, 13 de março de 2010


4
chega uma hora que ela pensa em morrer, não dá mais, no fundo, tudo é muito cansativo demais, estressante demais, tristeza e solado gasto demais, é... mas só pensa. Porque ela vai bem mais fundo e entende que quem nasceu pra brilhar não consegue viver apagado, tem sede de luz, desejo de luz, tesão pelas coisas bonitas e gostosas da vida, e não importa se foi só um ventinho ou uma tempestade devastadora, pouco importa pra ela, há tempos ela aprendeu a se levantar e erguer a cabeça, a não deixar ninguém pisar, nem magoar, nem gritar ou mandar nela, há tempos, com as porradas e carinhos da vida ela aprendeu que só nascera pra sorrir, e amar, e acarinhar, que não combinava com aquele sorriso, timidez, nem tristeza e muito menos escuridão, ela preferia tudo colorido, tudo brilhante, ela gostava de olhar pro céu e apreciar a bondade e a grandeza de Deus, de menina sozinha e triste ela virou mulher decidida e feliz e o que ela vai fazer eu estou cansade de saber, mas não conto, é segredo =X só posso dizer que é doce, bem doce! =)

4 comentários:

carros disse...

hum hum , n vemsse papo de segredo p mim nao, pode falar buiu!!!
fala logo...
amiga e lindoooooooooooo o q vc escreve, sabe q eu nunk tive capacidade p fazer textos e nem gosto de falar muito.... to ficando emocionada por ter uma amiga escritora assim .. rssrrsrsrs
bjs
greice

Luuua disse...

oooti... que bom saber que vc gosta do que escrevo.Obrigadaa! vc sabe escrever sim, para de ser modesta. Saudades. beijoo. ;***

Luuua disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
Luuua disse...

graice, eu não consegui comentar no seu blog pq?

Amigos Blogsfera ; )

sábado, 13 de março de 2010

chega uma hora que ela pensa em morrer, não dá mais, no fundo, tudo é muito cansativo demais, estressante demais, tristeza e solado gasto demais, é... mas só pensa. Porque ela vai bem mais fundo e entende que quem nasceu pra brilhar não consegue viver apagado, tem sede de luz, desejo de luz, tesão pelas coisas bonitas e gostosas da vida, e não importa se foi só um ventinho ou uma tempestade devastadora, pouco importa pra ela, há tempos ela aprendeu a se levantar e erguer a cabeça, a não deixar ninguém pisar, nem magoar, nem gritar ou mandar nela, há tempos, com as porradas e carinhos da vida ela aprendeu que só nascera pra sorrir, e amar, e acarinhar, que não combinava com aquele sorriso, timidez, nem tristeza e muito menos escuridão, ela preferia tudo colorido, tudo brilhante, ela gostava de olhar pro céu e apreciar a bondade e a grandeza de Deus, de menina sozinha e triste ela virou mulher decidida e feliz e o que ela vai fazer eu estou cansade de saber, mas não conto, é segredo =X só posso dizer que é doce, bem doce! =)

4 comentários:

carros disse...

hum hum , n vemsse papo de segredo p mim nao, pode falar buiu!!!
fala logo...
amiga e lindoooooooooooo o q vc escreve, sabe q eu nunk tive capacidade p fazer textos e nem gosto de falar muito.... to ficando emocionada por ter uma amiga escritora assim .. rssrrsrsrs
bjs
greice

Luuua disse...

oooti... que bom saber que vc gosta do que escrevo.Obrigadaa! vc sabe escrever sim, para de ser modesta. Saudades. beijoo. ;***

Luuua disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
Luuua disse...

graice, eu não consegui comentar no seu blog pq?